segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge


Antes de começar a ler este post, você precisa ter em mente que:

1) Não sou fã do Batman e estou muito longe de ser.
2) Por causa do item 1, não acompanho a história, nem os filmes, nem a vida do Batman, por isso, não sou especialista em batmanzisses.
3) Eu não pegaria o Christian Bale.

Sabendo disso, venho através deste blog maravilhoso dar a minha humilde e sincera opinião sobre Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge.

Achei másculo.


O filme começa um tanto confuso. Eu, na minha leiga existência, olhei para os lados durante os primeiros 20 minutos tentando lembrar como é que tinha terminado o último filme e o que ia ser da minha vida ao perceber que Heath Coringa Ledger estava morto feat enterrado e não daria o ar da sua graça na telona. Após o momento nostalgia, lembrei que a querida e linda Anne Hathaway era a Mulher Gato, o que não ajudou muito, visto que eu não sabia se ela ajudaria ou atrapalharia os planos do nosso homem-morcego.

Depois de pegar o espírito da coisa e entender o que estava acontecendo, comecei a gostar do filme. Enquanto Bane, o vilão, se tornava uma ameaça para a, até então, pacífica Gotham City, Christian Bale colocou o figurino de Batman, montou em sua batmoto, fez um batcarão e pegou a Marion Cotillard. Enquanto isso, Catwoman deu seus pulo e o ajudou a derrotar o vilão, de quebra deu uns pegas nele e pilotou a batmoto! Miau!

Tá ladra, tá assassina, tá Catwoman.

O melhor do filme com certeza é a Anne Hathaway. Ela, que passou a vida inteira fazendo comédia romântica, teve a oportunidade de fazer uma personagem tão marcante e icônica e se saiu extremamente bem. Christian Bale continua sendo o Christian Bale (o que é ótimo), apenas com a diferença que ele veste uma roupa de Batman e modifica a voz na hora que tá dando porrada. Mas além disso, tem o Morgan Freeman, tem o cara do 500 Dias Com Ela (vai falar que você não se refere a ele assim também?), tem a morte da Marion Cotillard que virou meme no Tumblr...

Como costumo dizer, não saí triste do cinema. Adorei as piadinhas, adorei a contagem regressiva que durou mais do que devia durar, adorei a cara de perplexa da minha amiga descobrindo a verdadeira identidade do Joseph Gordon Levitt.

The Dark Knight Rises é excelente, mas não chega perto de ser emocionante como The Dark Knight. Lembro que na época em que assisti, fiquei tão maravilhada que comecei até a gostar um pouquinho do Batman. Mas o encanto acabou com esse novo filme. O Batman voltou a ser só mais um super herói pra mim.

Classificação: 4 estrelinhas.

6 comentários:

  1. E eu lembro sabe do quê? De 2005, ano de lançamento, dia em que eu fiz vocês (você e Tefi) verem o Batman Returns (o primeiro dessa trilogia) e vocês ficaram RINDO...R-I-N-D-O...da parte do piano! E eu fiquei puta! HUAHUAHUAHUAHA Mas pelo menos você teve a decência de ver o The Dark Knight e o The Dark Knight Rises, ok? O Batman é meu "herói" prefeiro, mas te perdoo mesmo assim, tá? hahahahaha Eu sou a prova viva de que você não gostou desde o início, e eu respeito, tá? ~AQUELAS FÃ, ATÉ PARECE, NÉ~ Mas não te perdoo porque te chamei pra ver no cinema comigo e você foi depois sem mim! HUM! :P

    ResponderExcluir
  2. Obs.: Christian tá véio pacas. E o Espantalho (aquele que apareceu na corte nos julgamentos, que tinha a máscara de saco de estopa no primeiro filme) tá véio também. Também, né, foram 8 anos depois mesmo, só que do 1º filme até o 3º. Quase ~REAL~.

    ResponderExcluir
  3. É Batman BEGINS, e não Returns! Mas então, tinha uma dupla de meninas rindo o filme TODO umas quatro fileiras atrás de mim e da Bruna no cinema. Fiquei falando com ela "é, a Erika e a Estephania tão gostando mesmo do filme, hein!". Lembramos na hora uahhuauha!
    Pra mim que amo Batman de paixão e inclusive pegaria o Christian Bale (brincadeira, Bruna!), fo filme foi fenomenal! Ele realmente deve ser visto com os últimos acontecimentos do Dark Knight em mente, ou o início consegue ser bem confuso... Minha única reclamação foi o personagem do '500 dias' (que eu conheço como 'o GI JOE', pq eu sou um moleque mesmo) se chamar literalmente (SPOILER!!!) ROBIN! Robin é a alcunha do heroi, como Batman! É como se o Peter Parker se CHAMASSE Homem Aranha! Meio tosco, mas acho q se o nome dele no final fosse Tim Drake ou Jason Tood, talvez só os fãs mais fervorosos iriam se empolgar, e a trilogia nova do Batman não é pros fãs, mas pra todo mundo

    ResponderExcluir
  4. Credo, publiquei um texto!
    Sorry

    ResponderExcluir
  5. Primeiramente: EU E ESTEPHANIA DEMOS PALAAAA COM A CENA DO PIANO NESSE FILME, VOCÊ NÃO TEM IDEIA. Segundamente: morri com vocês ouvindo as meninas rirem no cinema e lembrando da gente! Estamos com uma ótima fama de comportamento dentro da sala do cinema hahaha. Sobre o Robin, eu nunca curti ele, inclusive o 500 Dias construiu toda uma reputação durante o filme, pra chegar no final e ele ser o Robin. E outra coisa: antes de afirmar convictamente se eu pegaria ou não o Christian Bale, eu pensei em todos os tiozões que eu pegaria e me vieram à mente Daniel Craig e Michael Fassbender (este último eu com certeza casaria), e cheguei à conclusão de que eles são melhores que o Christian Bale em termos de beleza e personagens interpretados. Enfim, adorei os comentários! Comentem mais, comentem sempre, apenas comentem! :)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...