sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Happy end


Você pretende
fingir que entende
quando eu digo que a gente
precisa de uma lente
pra seguir nosso caminho?

Até quando vai o meu happy end?
Se essa pergunta te ofende
preciso focar a minha mente
te peço pra sair da frente
pois vou acelerar as minhas dúvidas

Pra que lado pende
meu pensamento fluorescente
quando descobre que, finalmente
não existe happy end?
Era tudo uma invenção

sábado, 20 de dezembro de 2014

Coisas estúpidas que eu vejo todos os dias


Gente que acha que as mulheres são estupradas porque merecem. Gente que vai embora sem se despedir. Gente que bate no seu carro no trânsito e vai embora sem te dar ajuda. Gente que é assaltada. Gente que é assaltante. Gente que ridiculariza as feministas as chamando de "feminazi". Gente que xinga o outro porque discorda da sua opinião. Gente que invade o sistema de uma empresa cinematográfica. Gente que ameaça um país. Gente que acha que as pessoas são substituíveis. Gente que não gosta do Natal. Gente que faz qualquer coisa por dinheiro.

É tanta estupidez. Parece que é contagioso. Eu mesma pratico atos estúpidos todos os dias. Magoo pessoas, pessoas me magoam. É pra isso que eu vim ao mundo? Na minha cabeça, tudo era pra ser muito melhor. E por que não é?

sábado, 13 de dezembro de 2014

Nó de marinheiro


Você é tão humano
Tenho vontade de te tocar
De fazer o que você fez comigo
Você me fez virar o universo
Virado do avesso
Maior que todos os planetas
Mais densa que uma chuva na Amazônia
Mais brilhante que a constelação das Três Marias
Fiquei diferente de todas as épocas passadas
Fiquei mais contemporânea que qualquer tempo futuro
Estamos mais juntos e indissociáveis do que um nó de marinheiro
Você criou esse monstro
E nunca mais vai se livrar de mim
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...